sábado, 6 de agosto de 2011

Paranormalidade: verdade ou mito?


O ser humano é uma criatura naturalmente influenciável. Duvida? Faça o teste. Chegue no meio de uma rua movimentada, pare e aponte para o céu alegando estar vendo algo incomum. Se você tentar convencer as pessoas de que há mesmo algo incomum no céu (mesmo sem haver nada), é certo de alguns incautos cairão facilmente na sua falácia. Lembro-me de ter visto uma situação similar numa pegadinha do Eu vi na TV (abaixo).


Isso mostra o quanto o ser humano pode ser facilmente enganado e manipulado por pessoas de má fé.
Essa argumentação exemplifica que o mesmo pode ocorrer com relação a outras situações. Uma dessas situações é quando alguém tenta se passar por paranormal. Nenhum fenômeno dito paranormal conseguiu, até hoje, se mostrar consistente. O que vemos foram fraudes, truques, ilusões, enganos e fenômenos naturais serem confundidos com coisas sobrenaturais. Fenômenos como a bilocação, projeção astral, doppelgänger, psicocinese, telepatia, precognição e clarividência são comprovadamente divagações da mente humana. Nunca houve um desses fenômenos que não tenha sido explicado pela ciência. Muitos desses intitulados 'fenômenos paranormais' são fraudes, outros são causados por má interpretação de fenômenos comuns e outros são meros delírios psíquicos.
Clarividência
Psicocinese
Projeção astral


Existem muitos supostos paranormais que foram desmascarados, como o israelense Uri Geller, que usava truques para entortar garfos; e os brasileiros Urandir Oliveira (que dizia fazer contato com ETs) e Thomas Green Morton (o homem do rá). Nunca até hoje houve um só paranormal que tenha passado pelos testes para comprovar os seus 'poderes'.
Uri Geller

Urandir Oliveira
Thomas Green Morton

O mágico canadense James Randi lançou um desafio de dar 1 milhão de dólares para quem provar que possui poderes paranormais ou sobrenaturais. Só que até hoje ninguém sequer chegou perto de levar essa bolada. Além do padre Quevedo e do psicólogo Wellington Zangari, que já desmascararam muitos dos supostos fenômenos paranormais.
O mágico James Randi

Há muitas coisas que não foram explicadas, mas isso não quer dizer que elas sejam inexplicáveis. Com o progresso da ciência, muitos dos antigos mistérios foram desvendados e nunca houve nada que não tivesse uma explicação baseada nas leis da natureza. Há muitos mistérios na vida e eles não a tornam sobrenatural. As pirâmides do Egito, por exemplo, são misteriosas, mas isso não as torna sobrenaturais.
Todas evidências apontam que a paranormalidade deve ser estudada com cautela para evitar erros. Não há provas de que a paranormalidade exista, mas também não há provas que ela não exista.

0 comentários:

Postar um comentário