domingo, 30 de dezembro de 2012

Duplo sentido musical

É música ou sacanagem?

Poucos povos na face da Terra têm tanta criatividade e bom humor para criar músicas de duplo sentido como os brasileiros. Eu confesso que já cantei, dancei e dei muita risada com algumas canções que fazem qualquer pessoa que tenha a mente poluída ficar na dúvida em qual sentido a música realmente se refere.
Numa época onde as músicas estão ficando cada vez mais sem sentido com pérolas como "Eu quero Tchu, eu quero Tchá", "Te terere tete tete" ou "Segura o Tchan", eu sinto cada vez mais saudade daquela época não muito distante onde as músicas tinham pelo menos sentido.

Para lembrar os bons tempos, vou deixar uma seleção especial de músicas de duplo sentido. Aumenta o volume e tira o pé do chão! rsrs














2 comentários:

  1. É difícil não cair no lugar comum e dizer que para sair cantando e dançando "quero tchú quero tchá" e "tetererê..." dois neurônios dão e sobram...rss

    Houveram outras épocas bem ruins...

    Desconfio logo de saída de músicas que precisam ser tocadas no maior volume para, digamos, "fazerem sentido". Há muito se sabe que quem não tem argumentos precisa gritar.

    Quem diria que daria saudades do Tchan, né?

    Pra voce ver o quanto a qualidade ainda tinha a cair... Mas é a decorrência natural numa sociedade que pula trocentas micaretas por ano.


    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como já dizia aquele ditado: nada é tão ruim que não possa ficar pior. Se hoje sentimos saudades do Tchan, nem quero pensar do que sentiremos saudades no futuro se o nível continuar caindo desse jeito...

      Quer saber, vou escutar uma cantata de Carl Orff para tentar acordar desse pesadelo musical!

      Abraços.

      Excluir