sábado, 11 de janeiro de 2014

Os benefícios que a internet nos trouxe


Se você nasceu antes dos anos 90, provavelmente deve se lembrar de como era complicada a nossa vida antes da popularização dessa ferramenta maravilhosa chamada internet. Antes da internet não tínhamos redes sociais, e-mail, Skype, comunidades, fóruns de discussão e nem cursos à distância. Até mesmo para emitir certidões e documentos tínhamos que ir presencialmente aos cartórios e encarar filas. Hoje, tudo é mais fácil, mais rápido e mais dinâmico, seja para pagar as contas, para fazer inscrições em concursos, para abrir o próprio negócio ou até mesmo para iniciar um relacionamento.
Vou apresentar a seguir algumas das principais vantagens que a internet nos trouxe:

Internet: 1001 utilidades

Compras online
Uma das razões pelas quais eu me considero um sujeito feliz foi por ter nascido numa época onde existe a possibilidade de fazer compras sem sair de casa. Comprando pela internet, podemos encontrar produtos raros à venda, produtos exclusivos, produtos customizados e tudo a um preço acessível. E com o surgimento das impressoras 3D, agora abre-se a possibilidade de imprimirmos os nossos próprios produtos em casa. É ou não é uma maravilha?

Pesquisas escolares
Quem foi estudante antes da era digital deve lembrar bem do trabalho que dava para se fazer uma simples pesquisa escolar. Tínhamos que passar horas em bibliotecas, sebos e livrarias à procura de livros, revistas e jornais que nos servissem de fonte para realizar os nossos trabalhos e pesquisas. Isso, claro, sem falar dos gastos que tínhamos com xerocópias e com os aluguéis de livros. Hoje, com os sites de busca, podemos achar os arquivos em pdf e os e-books com um simples clique! O tempo que ganhamos e o dinheiro que economizamos com isso é simplesmente fantástico, fora que ficamos longe daquelas estantes cheias de cocô de ácaro das bibliotecas públicas.

Mapas
O único mapa que eu tinha da minha cidade antes da internet era o que vinha na lista telefônica. E se você não tivesse uma lista, provavelmente ia ficar que nem cego em tiroteio perambulando pelas ruas em busca do endereço procurado. Hoje em dia, com o Google Maps, com o Street View, GPS e a parafernália tecnológica toda, você só não encontra a rua que você procura se for muito vacilão.

Turismo
Antes da internet, só era possível conhecer um lugar de quatro maneiras: ou por fotos impressas, ou através de livros, ou pela televisão ou indo até o destino pessoalmente. Depois da internet, agora é possível conhecer os lugares virtualmente. Além de encontrarmos fotos e vídeos gratuitamente na internet mostrando os mais diversos lugares do mundo, podemos ter a visão dos mapas, das ruas e até visões tridimensionais. Hoje é possível conhecer praticamente todos os lugares do planeta sem sair da frente do PC. É bom ou não é?

Músicas
Quem viveu nos tempos da tecnologia analógica, deve se lembrar com certa nostalgia dos discos de vinil, das fitas cassete e das radiolas. Acontece que por conta da limitação tecnológica daquela época, não tínhamos acesso livre a qualquer música que queríamos. Só tínhamos como esperança as rádios, os programas de tevê e alguns amigos que nos emprestavam as fitas. Daí que chegou a internet e se abriu um novo mundo para nós, mundo esse chamado de 'programas de compartilhamento'. Esses programas eram o Kazaa, o Shareaza, o Emule, o Ares, entre vários outros que as pessoas usavam para compartilhar músicas gratuitamente. Foi graças a esses programas que conheci melhor bandas como Led Zeppelin, AC/DC e Guns n Roses: bandas que me tornei fã incondicional até hoje.

Filmes e séries de tevê
Sem a web, filmes e séries eram acessíveis apenas pela tevê, por meio de fitas VHS ou através do cinema. E mesmo após a chegada da internet, ainda não dava para ver filmes pelo PC, pois a internet comum (discada) era lenta demais. Baixar um filme pela internet discada levava um mês inteiro e ainda quadruplicava a conta telefônica. Somente com a chegada da banda larga é que foi possível usar a internet para assistir filmes. Com a rápida popularização da internet a cabo, abriu-se a possibilidade de ter qualquer filme no PC em no máximo algumas horas. O mesmo vale para séries de tevê e desenhos animados. Se não fosse pela internet rápida, eu jamais teria conhecido alguns animes e jamais teria assistido a séries como Taken e Lost.

Vídeos
Melhor que assistir a filmes e séries pelo PC era assistir os vídeos de outras pessoas e poder publicar os nossos próprios vídeos também. Quem tem uma conta no Youtube sabe a verdadeira revolução que esse site nos trouxe. O Youtube e outros sites similares viraram uma grande central de entretenimento onde é possível assistir e baixar quase todo tipo de vídeo, sejam eles documentários, filmes, séries e programas de tevê diversos. E o Youtube ainda paga em dinheiro para quem adota o AdSense em seus vídeos. Fazer vídeos virou uma profissão! Cauê Moura que o diga!

Games
Quando eu era criança, lá pelo início dos anos 90, o meu sonho era ter um fliperama em casa, mas como eu não tinha grana para isso, abafei esse meu sonho por considerá-lo impossível. Só que aí inventaram um tipo de programa para PC chamado emulador. Os emuladores copiavam o funcionamento das máquinas de videogame e rodavam os jogos exclusivos dos consoles e arcades no nosso computador. Diversos sites pela web disponibilizavam gratuitamente os emuladores e roms (jogos) para download, o que causou uma verdadeira febre mundial. Eu lembro que entrei num estado de euforia irreversível quando pude jogar gratuitamente clássicos do Super Nintendo, Mega Drive, Neo Geo, Atari, Nintendo 64 e Game Boy no computador. E além dos emuladores, os games de PC também puderam ser baixados gratuitamente através dos sites especializados para o delírio da nação gamer. Isso sem falar no sucesso de jogos online como os MMORPGs e jogos clássicos como o Counter-Strike.

Entretenimento adulto
Como falei no post Oba, Mulher Pelada!, uma foto de mulher sem roupa era um verdadeiro artigo de luxo antes da internet. Quem tinha uma Playboy na minha época de criança e adolescente era considerado 'o rei da galera'. Tirando as revistas masculinas e algumas raras revistinhas de sacanagem, o máximo que a gente conseguia de acesso a material erótico no período pré-internet era através de catálogos de lingerie, da Banheira do Gugu ou então dos filmes da madrugada do Cine Privé da Band. Filmes pornôs então eram praticamente inacessíveis. Mas depois que a internet chegou, a gente hoje vê nudez e pornografia até sem querer. Qualquer pessoa que saiba digitar a palavra 'sexo' no Google acha conteúdo erótico gratuitamente sem o menor esforço. Ah, e nem é preciso falar que sites como o RedTube e o Xvideos caíram no gosto popular.

Viva a revolução digital!

Concluindo
Eu poderia continuar escrevendo linhas e mais linhas sobre as incontáveis vantagens que a internet nos trouxe, mas as principais foram mesmo no campo do entretenimento, da comunicação e do comércio. Tivemos também benefícios no campo profissional, já que enviar currículos ficou mais fácil e novas profissões e oportunidades de emprego surgiram graças à internet.
O acesso rápido à informação e a liberdade de expressão também foram bastante relevantes, pois isso nos trouxe mais independência das mídias tradicionais (rádio, televisão e jornais). As grandes mídias corporativas passaram a ter menos poder de manipulação e também deixamos de ser escravos da programação da tevê e passamos a escolher a nossa própria programação. A internet nos trouxe mais liberdade e mais opções. Espero que tudo isso seja só o começo!

0 comentários:

Postar um comentário