sábado, 6 de outubro de 2012

As taras mais bizarras do mundo (parafilias)


Há um tempo atrás eu estava lendo um artigo interessante na Desciclopédia que tratava sobre as mais medonhas parafilias humanas. Infelizmente, essa página foi removida do servidor e restaram poucas fontes confiáveis na internet para registrar o quão bizarra sexualmente é a nossa espécie. Para não correr o risco de perder outra vez esse registro histórico dos nossos fetiches mais estranhos, então resolvi fazer uma pequena compilação das mais marcantes taras que o ser humano é capaz de desenvolver. Saca só:


Dinofilia
Isso nada mais é que a atração sexual por animais jurássicos, ou seja: tara por dinossauros. Jurassic Park deve ser o clássico do pornô para quem sofre dessa parafilia. Imagino que o dinofílico chega ao clímax quando entra em museus de dinossauros ou quando vê um réptil gigante robótico na Disney.



Tentaculofilia
É a atração sexual por tentáculos, muito presente em filmes hentais. É uma variação da zoofilia onde a pessoa sente-se excitada ao ser dominada ou penetrada por vários tentáculos nojentos.



Animofilia
É a tração sexual por fenômenos da natureza, tais como chuva, vento, neve, terremotos, lava, etc. Muitos naturistas doidões devem sofrer orgasmos violentos cada vez que cai uma chuvarada em seu corpo nu ou mesmo quando ocorre um vendaval. Um subtipo particularmente estranho dessa tara é a anemofilia, que é a atração sexual por ventos ou correntes de ar. Preocupados com o crescente número de acidentes por conta dessa tara, muitos fabricantes de aspiradores de pó e ventiladores precisaram colocar a seguinte instrução em seus produtos: não aproximar o aparelho das regiões íntimas.



Naturofilia
Semelhante ao fetiche anterior, essa tara conota a atração sexual pela natureza ou pelos elementos que a compõe, sejam eles lugares, objetos ou cenários. Diferentemente do naturista, o naturófilo não sente prazer em transar ao ar livre, mas sim em transar com os lugares e objetos em si. Esse é o tipo de gente que faz amor com a terra (geofilia), com as árvores (dendrofilia), com as pedras (minerofilia), com os rios (fluviofilia) ou até mesmo com a lua (cosmofilia).




Teolofilia
Esta representa a atração sexual por deuses, anjos, orixás e divindades em geral. Não foi por acaso que tantos semideuses nasceram do cruzamento entre humanos e deuses.




Eletrofilia
Sem dúvida essa é a mais eletrizante de todas as taras, pois nada mais hardcore que alguém se sentir atraído ou excitado sexualmente com a eletricidade. Adeptos dessa tara devem ter um fetiche especial por tomadas, fios desencapados ou mesmo por tasers.



Cromofilia
É a atração sexual por cores, geralmente cores fortes como o vermelho ou laranja. Um arco-íris ou uma aquarela devem ser uma fonte de satisfação suprema para essas pessoas. Creio que muitos pintores sofriam de uma condição mais grave desta parafilia.




Fotofilia
Nada mais é que a atração sexual por luzes. Um dia de sol iluminado é mais do que suficiente para levar um fotófilo ao êxtase. Lâmpadas e holofotes são os brinquedos sexuais prediletos dessas pessoas iluminadas.



Alienofilia
Quem nunca teve um amigo que se orgulha de contar as suas experiências sexuais com alienígenas a bordo de uma espaçonave extraterrestre? Pois é, tem gente que curte uma safadeza com seres de outro planeta.



Espectrofilia
Trata-se de uma atração sexual compulsiva por fantasmas, espíritos e afins. Não foi à toa que Ghost, do Outro Lado da Vida fez tanto sucesso nos cinemas.



Mecanofilia
Isso aqui nada mais é que a atração sexual por máquinas, eletrodomésticos, androides ou robôs. Depois que laçaram a Roxxxy, a boneca sexual robótica, não duvido de mais nada!





Oromashi
É um fetiche criado no Japão. Consiste na excitação sexual por estar, ver ou transar com um parceiro que esteja com a bexiga cheia.






Vorarefilia
É o fetiche de imaginar ser comido por alguém (literalmente) ou de comer alguém ainda vivo.





Teratofilia
Consiste no prazer e excitação por pessoas deformadas, amputadas ou por corpos mutilados.




Sinforofilia
A excitação sexual aqui gira em torno de observar ou até mesmo representar um desastre, como um incêndio ou um acidente.





Cleptofilia
É o prazer sexual intenso em praticar roubos ou furtos. Ah, agora tá explicado porque tem tanto político ladrão...






Anatidaefilia
Essa aqui está no prazer de transar sendo observado por patos. PATOS???


Musicofilia
Apesar de parecer estranha, essa tara aqui é bastante comum, pois muitas pessoas sentem-se excitadas com músicas. Algumas até são capazes, sabe-se lá como, de transar com as músicas. Um exemplo clássico disso foi o da Velha Babada, cujo depoimento deixo abaixo:



E eu que achava que as minhas taras eram estranhas...

Mais parafilias doidonas em:
Não Salvo
Filhote de Pombo
Guia Adolescente

9 comentários:

  1. Sabe, amigo, eu fico me perguntando se essas taras são resultado do tédio de muito sexo convencional(e olha que no convencional vale tudo, desde que naturalmente!) ou se o sujeito já nasce com isso..
    Algumas coisinhas são até engraçadas, ver sensualidade nos pés, por exemplo. Um amigo me contou que na sua infância pobre, se excitava vendo os pés da vizinha por um vão inferior da porta de um banheiro coletivo imaginando o que estaria acima dos pés...rs, mas, confesso, a maior parte dessas parafilias me choca. Afinal, sexo é uma coisa natural, não é um evento, lamento por quem precisa de tanta alegoria.
    Um sujeito com essas manias me assustaria, acabaria com meu tesão..rss

    Beijos meus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo contigo e ainda acrescento a problemática da repressão sexual. A repressão excessiva tende a gerar reações desproporcionais como essas, que parecem existir mais para chocar do que para parecer exótico.
      E algumas dessas manias são até simpáticas, como a musicofilia, afinal, quem nunca ficou excitado com uma voz provocante? rss

      Abraços.

      Excluir
  2. Claro, musica, voz!!É tudo de bom!
    Mas se excitar com alguém apertado pra fazer xixi, e as manifestações SDM, fora o povo que gosta de balão de festa, sujeira...Argh! rsss

    Beijos meus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rarará! Com certeza a voz é 'tudibão'! rs
      Mas essas outras parafilias medonhas realmente trazem mais repulsa do que tesão.

      Freud explica... ou não.

      Abraço.

      Excluir
  3. Confesso minha predileção pela ESTAMPA da cromofilia...Muita fêmea nunca é mau, pois não? rss

    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, com tanta mulher bonita no mundo ainda tem homem por aí que prefere contemplar um arco-íris! rs
      Vai entender...

      Abraço.

      Excluir
  4. A minha tara é por mulheres barbadas. Tudo começou aos meus 16 anos. Vizinho à casa da minha avó morava uma mulher de aproximadamente 25 anos, muito bonita, mas com uma barba que, por mais que ela raspasse, deixava a marca no seu rosto. Certo dia, tava no quintal assando umas castanhas quando ouvi a voz dela. Fui dar uma espiada através de uma brecha no muro (que não era rebocado) e me deparei com ela se barbeando no quintal. Ela usava uma minissaia bem ousada e estava sem blusa (somente de sutiã). Aquela cena dela fazendo a barba me excitou tanto que passei a me masturbar ali mesmo. O gozo foi alucinante. Se alguma mulher barbada em Fortaleza tiver afim de uma aventura, por favor me avisa: dhantty@hotmail.com. Abraço a todos.

    ResponderExcluir
  5. ceus nao acredito mas tenho muita atraçao nas arvores ou seja eu axo que tenho naturofilia dendrofilia.uma vez eu vi minha prima se esfregando sexualmente em uma arvore...ceus que nojento e estranho mas nao posso reclamar pois sinto a mesma coisa...rsrsrs

    ResponderExcluir
  6. Minha parafilia é gostar do pé da mulher se eu achar bonito, pois se não achar não sinto nada. A mulher colocar o pé em mim, enfiar o pé me dominando. Infelizmente para mim o sexo é isso e desde quando tinha 2 anos de idade ou de outra vida. Já consultei psicólogo, médico, padre, tentei religiões para ver se ficava normal mas sem sucesso, e é o jeito continuar vivendo dessa forma até o fim. Aos normais meus sinceros parabéns.

    ResponderExcluir