terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Namoradas ou prostitutas? Eis a questão...

Será que o sexo com amor é um bom negócio?

Recentemente, vi uma reportagem no site MdeMulher sobre um cidadão que confessou que adora transar com garotas de programas e contou as muitas vantagens de ter esse estilo de vida. Pronto, foi só o cara dar essa declaração e mostrar a sua identidade que ele recebeu todo tipo de crítica destrutiva, insultos, xingamentos, ameaças, ataques xenofóbicos e outras opiniões não muito educadas nos comentários. Isso só evidencia o preconceito mórbido que está impregnado na nossa sociedade com relação aos homens que optam pelo sexo pago.

Também já fiz várias enquetes e postagens na internet defendendo os homens que preferem as prostitutas e as reações normalmente não eram muito diferentes, pois fui xingado de tudo: de fracassado, de corno, de mal amado, de broxa, de ruim de cama, de doente, etc. Tirando o essa parte do argumentum ad hominem, as poucas respostas coerentes que recebi foram alegando coisas do tipo: "Ah, uma prostituta não te dá carinho, nem amor" ou "Uma prostituta sai muito mais caro". E esses argumentos não são suficientes para me convencer de que o namoro, o noivado ou o casamento são uma coisa melhor que o sexo pago. E vou explicar o porquê:

Garotas de programa fazem sexo por um preço justo

A questão da afetividade
De um modo geral, homens necessitam muito menos de carinho e afetividade que a maioria das mulheres. E o apoio emocional, o carinho, o amor e o bem querer não nos são dados apenas por namoradas. Basta lembrar que os amigos e a família nos dão exatamente isso que algumas pessoas alegam ser exclusivos do namoro. Não é preciso ter uma namorada para nos sentirmos acolhidos, amados, queridos e aceitos como nós somos, posto em vista que uma amizade verdadeira é capaz de nos proporcionar isso.

A questão do preço
Namoro é um compromisso que custa caro. São presentes, viagens, restaurantes, barzinhos, transporte, cinema, motel, etc. Isso representa um alto gasto mensal, como já exemplifiquei no post Qual é o preço do amor? Não existe sexo de graça para um homem. Experimente ficar um mês sem gastar um só centavo com a sua namorada para ver se a coisa não degringola. E mesmo que o sexo com amor seja mais barato, há de se relevar que às vezes o barato pode sair caro

A questão das DSTs
Muita gente diz que as prostitutas são verdadeiras hospedeiras de DSTs por transarem com um batalhão de homens diferentes todos os dias. Porém, dificilmente você vai encontrar uma GP que tope fazer sexo sem preservativo, pois a maioria das meretrizes exige o uso de proteção para fazer o programa. Eu confio muito mais em quem se valoriza e se protege, do que em uma mulher que supõe que seus ex namorados foram fiéis e fez com eles sexo sem camisinha.

As prostitutas são uma 'válvula de escape' para a sociedade

A questão do sexo
Vejo muitas pessoas insistindo no fato de que o sexo com amor é melhor que o sexo com garotas de programa. Acredito que isso seja um ponto de vista pessoal, pois não são todos que pensam assim. Aliás, o tal "sexo com amor" é cercado de limitações, tabus, frescuras, nojinhos e outras tolices que são impostas pelas mulheres "decentes". Enquanto os homens comprometidos precisam aturar greves de sexo, menstruação, gravidez, doenças, dores de cabeça, viagens prolongadas e o escambau a quatro; os homens que preferem as GP sequer ouvem falar desses problemas. E o sexo com as profissionais tem várias outras vantagens, tais como:

- Não é preciso telefonar ou dar satisfação no dia seguinte.
- Você faz o que quiser (incluindo aí posições, tipos de sexo e fantasias inconfessáveis).
- Você pode transar com várias garotas de programa de uma só vez.
- Você pode fazer sexo com uma mulher diferente toda semana.
- As GP costuma elogiar muito o cliente, o que eleva a nossa autoestima.
- É possível transar com mulheres lindas, as ditas classe "A", que são inacessíveis à maioria dos homens.
- Não há risco de gravidez indesejada e muito menos o risco de receber uma pensão alimentícia.
- O risco de contrair uma DST é menor que com uma namorada.
- As GP estarão sempre depiladas, em forma e bem dispostas.
10º - Você nunca será corno.
11º - Você não será obrigado a ser fiel a ninguém.
12º - Não é preciso aturar brigas, greves de sexo, tpm, chantagens, parentes chatos e compromissos maçantes para manter o namoro.
13º - Você só transa com a luz apagada se quiser.
14º - Você vai descobrir as mil e uma utilidades do pompoarismo.
15º - As GP sabem provocar e fazer um bom strip-tease.
16º - Preliminares não serão mais uma obrigação.
17º - Você irá descobrir o prazer de massagens afrodisíacas como a Lingam Massagem Tântrica.
18º - Há posições do Kama Sutra que somente as profissionais conseguem fazer.
19º - Você vai descobrir que a tal 'garganta profunda' não é impossível de se fazer.
20º - Prostitutas só transam em silêncio se você quiser.
21º - Prostitutas não são cheias de nojinhos e frescurinhas.

Vantagens do sexo pago sobre o namoro
Um relacionamento requer trabalho, envolvimento, tolerância, compreensão, dedicação, fidelidade, paciência, correção, autoconhecimento, autocontrole, respeito, superação, autoestima, coragem, sacrifícios… e muitos preferem apenas a sensação do sexo sem trabalho… E coloquem uma coisa de vez na cabeça: não existe sexo grátis. Como já dizia um velho ditado: "Casamento é a forma mais cara de comer uma mulher de graça".


“Eu não pago as mulheres para fazerem sexo comigo, eu as pago para elas irem embora no dia seguinte”
Jack Nicholson



Ah, e antes que venham com teorias estapafúrdias: não sou broxa, não tenho pinto pequeno, não sou incapaz de conquistar uma mulher, tenho assunto (bem mais que a média), não sou recalcado e não tenho nenhuma disfunção sexual ou social. Apenas considero que o sexo pago é a forma mais racional, barata, justa e prazerosa de se obter sexo. E para quem defende que o sexo com amor é muito melhor, desejo boa sorte com mulheres frígidas, com bloqueios psicológicos, com vaginismo, com falta de lubrificação, com ausência de libido, com desequilíbrio hormonal, deprimida, que te faz ouvir os problemas dela e que exige fidelidade em troca de um sexo horrível. O custo benefício do sexo pago é disparado o melhor.



Ligações externas:
Depoimento de um homem viciado em prostitutas
Por que os homens procuram prostitutas?
Quer sexo? Transe com uma garota de programa!
Qual compensa mais: prostituta ou namorada?
Garotas de programa e o homem que descobriu o valor da liberdade
Afinal, o quanto mulheres gostam de sexo?
10 Motivos para NÃO namorar

39 comentários:

  1. Cada um tem seu ponto vista que deve ser respeitado, mas cá pra nós hoje está tudo tão liberado que logo as prostitutas vão entrar em extinção.Hoje se encontra sexo em qualquer esquina, as mulheres por um copo de cerveja já estão cedendo a joana...kkkkkk
    Como dizia uma velha amiga guardar pra terra comer pra quê?
    Lavou tá novo!...kkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu bem a questão eo seguinte..
      Nos homens selecionamos mulheres pela beleza..
      Eu jamais vou encontrar uma gostosa na beira da esquina pronta para dar a qualquer um por um copo de cerveja...
      Todas são pagas
      Eas bonitas nao se envolveriam ao menos que qualquer homen tenha um bom emprego e um jeta ou corola ma garagem....
      Entendis agora

      Excluir
    2. so se for onde você mora porque aqui não é assim não.

      Excluir
  2. kkkk! Fala sério, levar uma guria bêbada pra cama não é tão romântico quanto parece! rss) É verdade que a mulherada anda mais saidinha desde a invenção da pílula anticoncepcional, mas creio que as GP continuarão a existir por muito tempo. Isso porque elas servem para elevar a autoestima dos homens e ainda realizam todo tipo de fantasia que mulheres "comuns" dificilmente fariam. Sem falar que tem cara que ama as GP e acham o preço delas mais barato e mais justo que de uma mulher comum e mais divertidas que as periguetes de balada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. esse e o seu rosto na thumb mais como ele deve tar hoje ?

      Excluir
  3. sem sombra de duvida,as prostitutas sao muito mais baratas,fartei de ser traído,só frequento prostituta

    ResponderExcluir
  4. Hoje em dia qualquer mulher dotada de inteligência é ou pode ser totalmente independente é só querer e trabalhar para isso. Chegam até mesmo a receber ordenados superiores aos dos homens e cada um tem e paga as suas coisas.
    Mulher independente faz o que quer quando quer e não se sujeita a relacionamentos precários. Trabalham usando a sua inteligência e não o corpo, sem necessidade de se expor, sujeitar a sexo sem de prazer, doloroso, por vezes até asqueroso e sem desejo algum, só mero fingimento na busca de satisfazer o serviço prestado. GP chega mesmo a usar drogas para facilitar o "trabalho" e a vomitar por vezes..mas que interessa isto a alguém que só procura a sua própria satisfação?! Mulheres independentes só fazem sexo quando lhes apetece, quando sentem desejo e de qualidade pois não está associado a nenhum tipo de interesse monetário. E não há dinheiro algum que pague sexo com tesão. Ainda há homens que que gostam de ser desafiados e não do que é mais "fácil" e isto sim, traz o verdadeiro prazer. Felizmente o $ ainda não compra tudo!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A vida de uma GP nunca foi e nunca será fácil. As meninas muitas vezes são semiescravas de cafetões e passam todo tipo de risco, humilhação e ainda sofrem preconceito. Por essas e outras sou a favor de uma regulamentação para o trabalho de garota de programa, onde elas possam ter sindicato, proteção policial e direitos trabalhistas.

      Mas o que está sendo discutido aqui é a preferência de alguns homens pelo serviço pago e as vantagens que há nisso. Dar prazer a uma mulher exige maturidade, sensibilidade e quebra de tabus, coisa que nem todos estão dispostos a fazer.

      Excluir
    2. Por isso mesmo é melhor prostituta!
      Já tive namoradas... O desgaste emocional e psicológico é muito grande.

      Excluir
  5. Se "sexo com amor" fosse melhor, eu mesma estaria há um bom tempo sem sexo já que não me apaixone, não amor e não tenho um relacionamento monogâmico há alguns anos já. E nem por isso fico sem sexo.
    Entendo perfeitamente homem que procura GP. Qual o problema disso? Eu não procuraria, enquanto mulher, porque praticamente não sofro o que considero mais chato: esse negócio de ter que ligar, dar satisfações, ter alguém que acha que só pq transamos temos algo além do sexo. Se relacionar sexualmente com homem é tãoooo mais fácil: nenhum fica me enchendo o saco achando que temos um relacionamento no dia seguinte. Isso é lindo!!!

    Outra coisa é isso de DST. É uma estupidez e burrice sem tamanho achar que um mulher "decente" tem menos risco de ter uma DST. Conheço mulher casada monogâmica que pegou AIDS. E na minha família tenho um ótimo exemplo: eu, que sou solteira e transo com mais homens, nunca peguei nada (alô!!! camisinha tá aí pra isso galera!!!). Minha irmã, monogâmica, pegou HPV. E aí?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Rê_Ayla, eu já pensei muito sobre essa questão e acho que cada pessoa tem o seu próprio conceito de plenitude sexual. Há casais monogâmicos que são mais felizes que os solteiros independentes e vice-versa.

      Sobre a questão das doenças, você está certíssima. Quem tem menos riscos é quem se protege mais – e não quem transa com mais parceiros diferentes. Inclusive, a monogamia pode ser mais arriscada, justamente porque as pessoas costumam confiar demais no outro e deixar a proteção de lado. Ninguém está livre de ser traído ou de pegar DSTs.

      Brigadão pela participação. Abraços.

      Excluir
  6. Quando era mais jovem, sempre costumava usar o serviço das garotas de programa. Simplesmente porque eu não tinha paciência para os gigantes estágios burocráticos pelos quais era necessário passar para se obter sexo. Eu sempre gostei de objetividade e nunca me importei com os moralistas que instrumentalizavam múltiplas denominações sobre mim, pois nunca vi o sexo como questão de competência ou honra, mas como uma atividade interativa que engloba consenso e prazer. Não uso e nem nunca usei o sexo como ferramenta para inflacionar meu ego, essa não era minha meta e nem é até hoje. Portanto, era bem mais confortável e rentável para mim ter sexo com GPs, que sempre me ofereceram serviços de boa qualidade. Há um tempo, namoro e cansei da vida de sexo casual. Uma questão puramente minha. Mas meu tempo de liberdade é inesquecível e foi excelente.
    Fracassado? Não, apenas despreocupado com rotulações sociais e isento de medições de valor baseadas no sexo. Preferia pagar porque simplesmente era mais rápido e objetivo, nunca fiz questão de conquistar sexo e trata-lo como prêmio. Mesmo namorando, continuo com esse pensamento. Esse post me trouxe nostalgias. kkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Existe muito moralismo acerca dessa questão. É mais feliz aquele que consegue se livrar desse moralismo burro e desfruta com sabedoria das melhores coisas da vida.

      Abraço e obrigado pela sua participação.

      Excluir
  7. Já tive muitas namoradas e já fiz sexo com muitas Gps e acho que o texto está corretíssimo, é difícil se dá bem nos namoros porque as mulheres são cheio de frescura. Excelente texto, e quem não vai gosta são as mulheres "normais" porque elas não gostam dessa concorrência.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O bom das Gps é que elas não te julgam pela sua aparência, pela sua idade, pela sua inexperiência, pela sua personalidade, pela sua condição financeira, pelas suas fantasias, pelo seu jeito de transar e nem querem usurpar o seu dinheiro com pensões, golpes da barriga ou golpes do baú. Prostitutas oferecem sexo por um preço justo e claro sem enrolação, sem frescuras e sem burocracia. Infelizmente, a paixão turva a razão e muitos homens acabam caindo nas garras da monogamia, deixando assim de aproveitar a melhor coisa que a vida tem para nos oferecer: o sexo com qualidade de verdade!

      Excluir
    2. O namoro nada mais é do que uma prostituição formal e legalizada,aonde você torra seu dinheiro com presentes,shopings,jantares e cinemas.Atura joguinhos e infernos mentais em troca de sexo,mutas vezes de péssima qualidade.Ja na prostituição informal você gasta bem menos,não atura joguinhos,tpms e infernos mentais e sai levinho do mesmo jeito.

      Excluir
  8. Não comentou que alem de todos essas vantagens, você numa irá se enjoar da mesma mulher. pelo menos para mim, depois de alguns meses fazendo sexo com a mesma mulher, começa a perder a graça e você se pergunta se vale a pena todo aquele jogo (ciumes, brigas por coisas bestas , aquelas coisas de ficar de cara feia do nada, perder sua individualidade de poder ficar em casa o fim de semana todo sem ninguem te enxer o saco) por um sexo com a luz apagada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente. Eu até escrevi outro post, o Por que não gosto de relacionamentos dizendo tudo isso que vc citou. Eu acho que relacionamento é para quem não gosta de sexo. Quem gosta de sexo, deve recorrer a outras alternativas, sejam elas pagas ou não.

      Excluir
  9. acho engraçado essas pessoas falando que homem que procura prostitutas é incompetente. Não há de se falar em competência, mas sim objetividade e pragmatismos. Enquanto uns gastam tempo e mais tempo na "burocracia do amor", outros estão focando seu tempo para estudos para concursos públicos difíceis ou outras formas de se conseguir um emprego/cargo decente. Para as mulheres é fácil falar que tais homens são incompetentes, já que o ônus de todos os estágios da conquista recaem sobre eles. É por isso que hoje se vê mais mulheres passando em concurso público que homens, porque elas não precisam se preocupar com nada para manter uma vida amorosa-social saudável, visto que elas só precisam existir. O homem que tem o dever de ir atrás, e fazendo isso, acaba prejudicando outras áreas de sua vida, como evolução profissional. Em regra, as mulheres tem o melhor dos dois mundos. Todavia, em regra os homens tem o melhor dos dois mundos, por isso a necessidade da existência das GPs.

    Assinado, o Niilista Concurseiro.

    ResponderExcluir
  10. corrigindo: todavia, em regra os homens não tem o melhor de dois mundos.

    O Niilista concurseiro

    ResponderExcluir
  11. Sou um cara casado. Mas escolhi bem uma gostosa tarada por sexo e moralista (sim ela é fiel--já tirei a dúvida de diversas formas). Fica bem molhada, gene bem gostoso, faz qualquer posição sem frescura, luz acesa, tudo quanto.
    Com prostituta a 100-150 por noite, vai pra uma foda por semana com prostituta e são horrores. Nau tenho gastos com restaurante, presentes, nem pra dessa choradeira toda. Nos trabalhamos, e dividimos todo o gasto de alimentação e aluguel. Temos nossa cama, trazamos em todo lugar da casa com toda liberdade com afeto e com prazer. Mas como ela é tarefa só não posso fazer menos de 3 na semana que ela fica brava(tenho que né esforçar nessa parte, mesmo que esteja cansado). Não manda em mim. Não grita, não faz greve enfim. Estou no céu do tesão, do amor e do carinho. Pra mim, atualmente, prostituta seria jogar minha boa vida na privada. Mas foi por que eu escolhi muito bem a companhia. Se não é assim, não compensa.

    ResponderExcluir
  12. Quem falar em namoro e casamento é porque vive décadas de atraso...relações ditas "sérias" (que piada) são para os não resolvidos, que necessitam de um apoio emocional, não vivem sem receber ordens senão desandam.....quem dá valor a sua liberdade não entra numa furada dessas, só de for louco para se tornar provedor de uma mulher até então estranha, não família, não sangue e que se autodenomina "sua mulher"....uma mulher que você sequer conhece ao certo mandando e desmandando na sua vida....o homem atual deve pensar em crescer na vida, e a molecada tem que cair na real que é tudo mentira a historinha de namoro e casamento feliz, muito pelo contrário, hoje temos recorde mundial de separações....sinceramente para mim pessoalmente não compensou,entrei nessa barca furada porque acreditava ser o correto, que burrice a minha por duas vezes, a 1º durou 1 ano, mas a 2º me custou 14 anos da minha vida jogados no lixo da cozinha ( que aliás era eu que tinha que por na rua) no geral foi um inferno na minha vida, a única coisa que valeu foi ter conseguido salvar meu filho que mora comigo, afinal até ele estava sendo vítima do feminismo desenfreado onde a culpa de todos os males do mundo é do homem....o homem que for esperto aproveita a vida ao máximo, sem compromisso, sem ser podado por uma qualquer....prefiro sendo dúvida nenhuma as GPs do que as civis, afinal elas são muito mais honestas, cobram o justo e avisam o valor antes....sem chantagens emocionais, sem exploração, sem tirar a liberdade que é o nosso bem mais precioso (detalhe: tente tirar a delas e é acusado falsamente de agressão, possessão), mais precioso do que qualquer outra besteira......

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostei de seu comentario
      Sem chantagens emocionais etc....
      Falou tudo

      Excluir
  13. Pô cara seu comentário foi inspirador pra mim kk..sem frescura. Tenho 17 anos e sempre pensei nisso. Aproveitar a vida sem "obrigações e chatiações", tento não me importar com comentários de familiares e amigos também: "e ai ja arranjou uma namorada..."

    ResponderExcluir
  14. Olá whellington, gostei desse post. Estou fazendo uma pesquisa sobre esse assunto, tem um email que possa entrar em contato com você?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desculpa, amigão, mas só forneço meu email para pessoas conhecidas que eu confio. Se quiser tratar de algum assunto, vai ter que ser via comentários.
      Abraço.

      Excluir
    2. Eu até tenho, mas ele é exclusivo para familiares, colegas de trabalho e amigos mais chegados. Não adiciono ninguém que eu não tenha há algum tempo em meus círculos pessoais.

      Excluir
    3. Bem, já que você é aberto em falar sobre esses assuntos, o que você acha da questão do sexo oral com prostitutas? Porque sabemos que elas usam camisinha em penetração, mas também não existe risco no sexo oral? Me parece que esse risco não é levado tão a sério. Queria saber pela sua experiência o que acha.

      Excluir
    4. É claro que existe risco no sexo oral. Há algumas prostitutas que aceitam fazê-lo sem preservativo, mas normalmente só fazem se houver uma higiene aceitável por parte do cliente e nem sinais físicos de DST. Há outras que aceitam o sexo oral sem proteção se você pagar mais caro também. O risco para quem recebe é baixo, mas para quem faz é bem mais alto.
      De um modo geral, é relativamente difícil achar alguma que tope sem proteção.

      Lá no GPguia há muita informação útil sobre prostitutas. Recomendo que você dê uma passada por lá.
      Abraço.

      Excluir
  15. Tudo bem, isso eu já tinha mais ou menos uma ideia, mas quanto a você fazer sexo oral nela? Isso é comum pra você? É arriscado? E obrigado pela resposta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não. Nunca me atrevi a fazer isso. Se eu não arrisco nem mesmo beijar prostitutas na boca, o que dizer então de sexo oral...
      Mas há quem goste de viver perigosamente. Já li depoimentos de homens que só fazem oral em GPs se o programa for acima de 300 reais. Isso porque prostituta barata costuma atrair clientes de nível de higiene e saúde ainda mais baixos.
      Os riscos existem, cada um que faça por sua conta e risco.

      Excluir
  16. E uma civil que fez boquete tem a boca limpa?Ou a boca das civis são santas simplesmente porque você não sabe onde elas puseram?

    ResponderExcluir
  17. Primeiramente eu quero que se foda o mimimi... Meu amigo eu sou uma mulher casada e amei o seu post, estou muito feliz por você ter aberto os meus olhos com relação as minhas frescuras com relação a meu esposo, vou prestar mais atenção e mudar meu jeito frescurento, acho que você tem razão e apoio o seu ponto de vista plenamente. Obrigada!

    ResponderExcluir
  18. Marriage strike é o caminho do homem contemporâneo, sem duvida alguma.Existe uma "historinha" que realça bem a ideia dos males do namoro e casamento para o homem atual: Seu José trabalhou duro para comprar um fusquinha, arrumou-o, abasteceu e foi passear, na volta estacionou em frente sua residência.....ao acordar percebeu que o fusquinha estava um pouco mais para trás, e desconfiou que alguém tinha usado seu automóvel...a vida continuou e ele sempre gastava uma grana alta com o carrinho, afinal já era bem rodadinho......e sempre aparecia fora de onde Seu José costumava estacionar....até que um dia ele flagrou!Estavam se divertindo no carrinho dele enquanto ele descansava, como direito de um homem honesto e trabalhador....então ele pensou:"Eu sou o provedor desse fusquinha, compro as peças, ponho combustível, enfim eu pago tudo para ele e vem uns desconhecidos e se divertem às minhas custas?...Seu José resolveu então vender o fusquinha e hoje aluga um carro quando quer passear, muito melhor do que seu fusquinha, mais moderno, menos rodado e sem dor de cabeça, sem preocupação com a "manutenção preventiva"...usa, se diverte,devolve e acabou......Moral da história:Ainda existem indivíduos pagando de Seu José , trabalhando que nem cão, gastando uma fortuna com uma desconhecida e ainda fingindo que não percebe que a mesma não esta como ele tinha deixado ontem......abra os olhos rapaziada, só é corno quem namora e casa.....

    ResponderExcluir