quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Pinochet versus Fidel

Fidel e Pinochet no Chile, em 1971, antes do golpe militar

Muita gente por aí gosta de igualar Fidel Castro a Augusto Pinochet pelo fato de ambos terem sido chefes de Estado linha-dura. Porém, na verdade, a única coisa em comum entre Fidel e Pinochet foi que ambos foram fruto da Guerra Fria. Enquanto Fidel chegou ao poder para proteger seu povo do imperialismo, Pinochet chegou ao poder para proteger o seu povo do comunismo. Mas a própria ascensão ao poder de ambos percorreu caminhos radicalmente diferentes. Fidel liderou uma revolução contra uma ditadura a favor do povo. Já Pinochet chegou ao poder através de um golpe de Estado que destituiu uma democracia a favor dos interesses da elite. Cuba virou um socialismo de Estado e o Chile virou um laboratório neoliberal. Aos olhos desatentos dos incautos, isso pode ter sido igualmente ruim por ambos limitarem a liberdade de expressão. Mas o regime castrista focou na criação de uma sociedade mais igualitária, enquanto que o neoliberalismo de Pinochet agravou as desigualdades. Isso se refletiu na reação do povo depois da morte dos dois. Enquanto Fidel foi reverenciado e respeitado pela imensa maioria do povo cubano em seu funeral, Pinochet foi vaiado e execrado pela maioria da população, tal como ocorreu com a Margaret Thatcher. Enquanto Fidel foi tratado como um mito pela história, Pinochet, coitado, morreu como mais um ditador deplorável. Como já dizia um velho sábio: o que fazemos em vida, ecoa na eternidade.

0 comentários:

Postar um comentário