segunda-feira, 27 de março de 2017

E se a TV Manchete não tivesse falido?


Você que tem mais de 20 de idade já se perguntou o que teria acontecido se a Rede Manchete ainda estivesse no ar? Se você nunca pensou nisso, eu pensei.

Pois bem, todos sabem que a TV Manchete faliu em maio de 1999 e deixou um legado histórico no Brasil por ter sido a emissora que nos apresentou os tokusatsus e os animes japoneses. Os primeiros tokusatsus que chegaram ao Brasil em 1988 foram os inesquecíveis Jaspion e Changeman e, como o povo adorou, vários outros tokusatsus vieram em seguida, tais como Jiban, Jiraiya, Flashman, Kamen Raider, Patrine, Cybercops, Maskman, etc. Já em 1994 foi a estreia do primeiro anime, um tal de Cavaleiros do Zodíaco, que abriu portas para diversos outros animes famosos no país, como Dragon Ball e Yu Yu Hakusho.
Muito bem, mas e se a Manchete não tivesse falido? Que animes e tokusatsus teríamos assistido de 1999 para cá?

O que sería de nós sem os animes?

Animes
Pelo que li em revistas especializadas e pelo que conversei com alguns amigos mais antenados no assunto, os animes inéditos Samurai X e Gundam estavam na mira da Manchete. Rourouni Kenshin, como também era conhecido o Samurai X, provavelmente seria o primeiro anime inédito a ser exibido pela Manchete depois do primeiro semestre de 1999, porque ele estava no ponto para ser lançado no Brasil na época que a Manchete faliu. Além do Samurai X, teríamos outros animes como Gundam, Love Hina, Sakura Card Captors, Bleach, Naruto, One Peace, Evangelion, Jojo Bizarre Adventure, Fullmetal Alchemist, Death Note e a própria Saga de Hades dos Cavaleiros do Zodíaco sendo exibidos com dublagem brasileira na tela da Manchete. Animes que foram exibidos em outras emissoras, como Inuyasha, Pokemon, Digimon, Yu-Gi-Oh e Dragon Ball Z, possivelmente teriam sido exibidos antes na Manchete.
A grande verdade é que a Rede Manchete seria uma espécie de Cartoon Network gratuita que faria a alegria da criançada, já que as grandes emissoras abertas não estão mais nem aí para a programação infantil.

Tokusatsus que marcaram a infância de muita gente...

Tokusatsus
Provavelmente, a exibição de seriados japoneses de ação, os famosos tokusatsus, teria continuado por vários anos na tela da Manchete. Certamente assistiríamos novas versões do Kamen Rider, do Ultraman e de vários super sentais e metal heros que prosperaram até por volta de 2009, quando começaram a entrar em decadência no resto do mundo. Isso sem falar na nostalgia de poder rever os antigos heróis dos anos 90 nas intermináveis reprises da emissora.

Imagine um campeonato de Dota 2 sendo transmitido pela tevê...

Outras produções
Indo na onda de se arriscar ao seguir certas tendências novas de programação, possivelmente a Manchete investiria hoje na transmissão de campeonatos de LOL e DOTA 2 que já contam com milhões de fãs no Brasil e no mundo. Possivelmente também haveria uma programação mais voltada para o público gamer com parceria de youtubers famosos.
As novelas da emissora possivelmente continuariam roubando audiência da Globo e da Record pela excelente qualidade que as mesmas apresentavam.Talvez até eu assistisse uma ou outra tendo em vista a qualidade da Manchete em produzir boas novelas.
Já aquelas propagandas icônicas do Teleshop seriam atualizadas com produtos que concorreriam diretamente com a Polishop (saudades das Facas Ginsu e das Meias Vivarina).

Enfim, tudo isso não passa de suposição, porque, na realidade, a coisa podia ter sido bem diferente. A única certeza que temos é que uma emissora como a Rede Manchete faz muita falta até os dias atuais.

0 comentários:

Postar um comentário